Cravicor - Centro Médico
21 437 39 50 / 21 437 38 75

Osteopatia

O que é a Osteopatia?

A Osteopatia é um sistema estabelecido e reconhecido de diagnóstico e tratamento, que tem como ênfase principal, a integridade estrutural e funcional do corpo. É distinta no facto que reconhece que a maior parte da dor e incapacidade que sentimos, advém de disfunções da estrutura corporal, assim como, lesões provocadas pela doença.

General Osteopathic Council (Ordem de Osteopatas do Reino Unido)

Existem 4 grandes princípios:

  1. A estrutura (ossos, músculos, órgãos, etc.) está reciprocamente inter-relacionada com a função (funções dos vários sistemas do corpo humano). O sistema neuro-músculo-esquelético é regulador de todos os outros sistemas.
  2. O organismo tem a capacidade de se auto-regular e curar, uma vez eliminados os obstáculos que promovem a doença.
  3. O sangue transporta todos os nutrientes necessários ao funcionamento saudável dos tecidos. Uma boa circulação vascular é essencial para o bom funcionamento do organismo.
  4. O corpo é uma unidade em movimento. O fluxo nervoso, vascular, linfático, nervoso é crucial para a manutenção da saúde.

Esta Terapêutica usa o aparelho músculo-esquelético para “manipular” os vários tecidos (ósseo, conjuntivo, neural, etc.) com o objectivo de criar integridade, liberdade e coordenação de movimento, aumentando o fluxo sanguíneo, a drenagem de toxinas e o reequilíbrio de regulação dos tecidos via sistema nervoso.

O que trata?

Muitos estudos têm sido feitos acerca da eficácia e da evidência científica do tratamento Osteopático. Estas são as disfunções que mais têm sido objecto de estudo e onde foram encontradas evidências que a Osteopatia é tão, ou mais eficaz que outras Terapêuticas, incluíndo a farmacológica:
  • Capsulite adesiva (ombro congelado);
  • Dor de cabeça - de origem cervical;
  • Artrites ( aqui depende se está enquadrada numa patologia inflamatória- é um tema extenso e complexo), Tendinites (ombro, braço), processos degenerativos articulares- Osteoartrose;
  • Fáscite Plantar- com exercícios;
  • Prolapsos/ Hérnias Discais;
  • Contraturas Musculares- Dor lombar e cervical, agudas e crónicas.

Existe no entanto, a meu ver, uma limitação nos próprios estudos, na sua forma, na sua avaliação. A Osteopatia é por definição uma Terapêutica holística. O que é que isto quer dizer? Significa que entende o paciente numa dimensão global, relaciona os vários sistemas envolvidos, em vez de um só sistema (músculo- esquelético, por ex) ou um só segmento sintomático. Procura as compensações, procura a (s) causa (s), vê o organismo como um complexo sistema de equilíbrios, que inter-age constantemente entre si. É esse conhecimento, esse sentir, essa relação orgânica, que juntas num pensamento global, onde tanto a vertente emocional, visceral, músculo- esquelética ou outras (...), podem ser abordadas como parte do tratamento. Cada Osteopata, dependendo das matérias que lhe suscitam mais interesse, tem uma abordagem ao problema, porém, independentemente das técnicas ou formas usadas, o tratamento tem um princípio base: permitir que os processos naturais do corpo funcionem na perfeição, eliminando as restrições envolvidas, para que um fluxo vascular, nervoso, linfático seja optimizado e com isto a eliminação ou diminuição do quadro sintomatológico do paciente.

O que esperar da consulta?

A 1ª consulta inclui: a anamnese (história clínica do paciente), um exame clínico (que pode incluir o exame ortopédico, neurológico, cárdio-vascular, etc.), um exame Osteopático, a análise dos exames complementares, se houverem, um diagnóstico e o 1º tratamento. Normalmente dura entre 1h e 1h30.

Os tratamentos seguintes podem ter a duração de 30 min a 45 min. Esta variação depende do diagnóstico, da condição do paciente e de outros factores intrínsecos do caso clínico. Na consulta e respectivos tratamentos, no exame clínico, osteopático e biomecânico, pode ser pedido ao paciente que tire algumas peças de roupa ou que fique em roupa interior, por isto, é importante que o doente venha com uma roupa interior que se sinta confortável. É sempre salvaguardado o seu bem estar e pedido o seu consentimento. Após esta avaliação só fica descoberta a área que está a ser tratada. Depois de um exame clínico e de um diagnóstico feito, o clínico Osteopata, inicia o respectivo tratamento usando um leque vasto de técnicas que actuam nos tecidos (articulares, muscular, fascial, visceral, neural, vascular e linfático), que varia consoante o diagnóstico e a sintomatologia, promovendo a regeneração celular, a reorganização músculo- esquelética e o reequilíbrio orgânico. O Osteopata possui conhecimentos profundos em várias áreas das ciências médicas, para poder fazer um diagnóstico diferencial e conhecer as contra- indicações, porém, não usa medicação ou intervenções invasivas. No tratamento Osteopático podem ser abordadas áreas como a nutrição, ergonomia ou exercícios específicos e deve existir um relacionamento pro-activo com médicos, frequentemente com Reumatologistas, Neurocirurgiões ou Clínicos de Medicina Familiar. Nas consultas e tratamentos os pacientes podem fazer-se acompanhar por uma outra pessoa.
Psicologia / Psicoterapia
Psicologia / Psicoterapia
Porquê escolher-nos?
Psicoterapia de Crianças
Psicoterapia de Adolescentes
Psicoterapia de Adultos
Terapia de Grupo
Psicologia da Gravidez
Psicologia da Sexualidade
Terapia de Casal
Terapia Familiar
Aconselhamento Parental
Sexologia
Consultas
Consultas
Psicocoaching
Terapia da Fala
Nutrição
Osteopatia
Podologia
Psicologia  - Avaliações / Supervisão
Psicologia  - Avaliações / Supervisão
Avaliação Psicológica
Orientação Vocacional / Profissional
Supervisão e Apoio em Psicologia



Logo Cravicor
Av. Joaquim Luís, 26-A
2745-288 Queluz Ocidental

Telefone: 21 437 39 50 / 21 437 38 75
Telemóvel: 934056126
Fax: 21 437 17 59
Email: cravicor@gmail.com
Segunda a Quinta: 08:00 às 20:00
Sexta: 08:00 às 18:00
Sábado: 08:00 às 11:00 - Análises
Domingo: Encerrado
Mapa Cravicor
CRAVICOR - Centro Médico © 2018. Todos os direitos reservados.
Powered by: webXperience